Translate

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Você, realmente, sabe do que a boa nutrição é capaz?

A nutrição é tudo que permitimos entrar, por nossos olhos, ouvidos e boca, no nosso campo energético, além dos nossos próprios pensamentos e sentimentos.
                                Nensam dos nossos próprios sentiste momento me refiro a nutrição promovida  pelo que permitimos entrar pela boca, a nutrição do corpo físico, a nutrição celular.

Esta nutrição é FUNDAMENTAL na construção da saúde, porém um tipo de dieta (ex: ovolactovegetariano, veganismo, macrobiótica, onívera, dieta do mediterrâneo , South beach etc.)escolhido, não nos imuniza da dor e doença, pois a construção da saúde envolve várias dimensões do ser, além da nutrição física. O ideal é que um aspecto potencialize o outro. Além do que, em qualquer dieta escolhida acima, pode haver más escolhas e/ou  desequilíbrios, caso seja mal planejada. Pode-se, por exemplo, ter um vegetariano, que mantém um alto consumo de produtos industrializados, frituras, doces etc. e o onívero com o excesso de proteína (principalmente animal),  favorecendo a nefrotoxidade, lesão renal, Disbiose, que é o desequilíbrio da microbiota intestinal e favorece o aumento de substâncias carcinogênicas.
Fragmentando mais ainda o cuidado com a saúde, está a escolha de um determinado alimento ou suplemento que muitas vezes são divulgados disseminando a idéia, que se é bom para tudo e para todos, quase um santo milagreiro, que vai curar todas as doenças, inclusive a obesidade, que é por onde ocorre mais apelação. E aí, ATENÇÃO, pois NÃO há alimento absolutamente bom para tudo, nem bom para todos.
É muito comum a pergunta: “Tal” dieta ou alimento ou suplemento é bom? A pergunta está incompleta, pois necessita dos complementos: Para que? Para quem? E qual a melhor forma de uso para a finalidade desejada?
Pois é, uma coisa pode ser ótima para um indivíduo, mais ou menos para outro, não ter efeito nenhum em outro e em outros casos até agrava o estado de saúde, pois pode ser bom para tratar determinada doença e ter a capacidade de agravar outra. Então precisamos saber: O que precisamos realmente? Qual a quantidade necessária? Qual a frequência de uso? etc.

Precisamos saber criar condições favoráveis  para manutenção do estado de saúde ou para recuperação de doenças, emagrecimento, etc. Estas condições são decorrentes de um conjunto de boas escolhas alimentares.

A ciência da nutrição é algo muito maior do que contagem de calorias!

A nutrição tem  competência para manter e restabelecer o equilíbrio e bem-estar do organismo, através de escolhas alimentares considerando as características individuais de cada alimento, além do seu valor nutricional, considerando o seu aspecto funcional, assim como considera a necessidade particular de cada indivíduo.

Até breve!

2 comentários:

  1. Parabéns pelo belo e instrutivo blog. Utilidade e bom serviço para todos.

    ResponderExcluir
  2. Grata! Já preparou a sua contribuição???rsrs

    ResponderExcluir